Sou Tua…


A pele implora…
O meu corpo pede…
Basta uma palavra…
E à tua vontade cede…
Amarras-me para não fugir…
Vendada atiças o desejo…
E a vontade de resistir…
Esvai-se com o toque e um beijo…
Provocas-me como gosto…
Percorres a minha pele nua…
Não controlo o meu gemido…
E sussurro ao ouvido “Sou tua”…
Paras tudo o que fazes…
Controlas o teu desejo…
E dizes baixinho “Amo-te”…
Seguido de um estrondoso beijo…
É a pele que se rende…
Numa alma que já se rendeu…
Neste corpo tão presente…
Que faz tudo para ser teu…

Miss Kitty

Anúncios

Sobra em ti…

Sobra em ti tudo o que me falta, tudo o que preciso e que o melhor de mim exalta, o desassossego que cativa e liberta, a Paz sentida que me dá tanta calma, o cheiro de flor madura e aberta, que me inebria e eleva a Alma e pouco a pouco a mente desperta. Continuar a ler “Sobra em ti…”

Sacia-me o desejo…

Quero-te hoje…
Como sempre quis…
Sacia-me o desejo…
Faz-me feliz…
Este desejo que sinto…
Em tudo tão urgente…
Não quero sequer controlar…
Esta necessidade premente…
Sentir o teu corpo no meu…
Deixar a tua pele marcada…
Pele que conheço bem…
E deixo para sempre tatuada…
Quero que o teu toque…
Me marque como tua…
Fico com a memória de ti…
Debaixo da minha pele nua…
Esta pele que te queima…
Seduz e faz delirar…
Deixa-te atordoado e louco…
De tanta vontade de amar…
Por isso agarra-me com força…
E faz acontecer…
Sacia-me o desejo…
De dentro de mim te ter…
Sabes como gosto…
Como arrancar-me gemidos…
Com essa maneira só tua…
Que evoca todos os meus sentidos…
Rende.mo-nos, fazemos magia…
Que me sacia o desejo…
Ficamos enfeitiçados…
Feitiço que selamos com um beijo…

Miss Kitty

Sinto-te…

Escrevo como te sinto…
Sinto-te em mim, sem me tocares e, não precisamos de dizer nada, pois basta um olhar, para sabermos como e quanto nos queremos e precisamos um do outro. Não temos palavras que expressem esse sentimento mas conversamos tanto… Continuar a ler “Sinto-te…”

Mundo oculto…

Há qualquer coisa neste sítio que me atrai, tanto na imponência como no mistério que carrega por entre os muros cobertos de trepadeiras que parecem separar dois mundos, o que mostro e o que oculto, a minha essência, à qual não consigo resistir e me rendo. Continuar a ler “Mundo oculto…”