Vulnerável…

Sinto-me vulnerável, quando me privas dos sentidos, com palavras que tudo e nada dizem mas tocam, deixando-me à tua mercê. Continuar a ler “Vulnerável…”

Anúncios

Anda…

Anda…
Entra de mansinho debaixo dos lençóis, sorrateiramente como o perfume das flores que me invade o quarto e o embelezam. Continuar a ler “Anda…”

Sacia-me o desejo…

Quero-te hoje…
Como sempre quis…
Sacia-me o desejo…
Faz-me feliz…
Este desejo que sinto…
Em tudo tão urgente…
Não quero sequer controlar…
Esta necessidade premente…
Sentir o teu corpo no meu…
Deixar a tua pele marcada…
Pele que conheço bem…
E deixo para sempre tatuada…
Quero que o teu toque…
Me marque como tua…
Fico com a memória de ti…
Debaixo da minha pele nua…
Esta pele que te queima…
Seduz e faz delirar…
Deixa-te atordoado e louco…
De tanta vontade de amar…
Por isso agarra-me com força…
E faz acontecer…
Sacia-me o desejo…
De dentro de mim te ter…
Sabes como gosto…
Como arrancar-me gemidos…
Com essa maneira só tua…
Que evoca todos os meus sentidos…
Rende.mo-nos, fazemos magia…
Que me sacia o desejo…
Ficamos enfeitiçados…
Feitiço que selamos com um beijo…

Miss Kitty

Sei que me lês…

Sei que me lês…

Tentas resistir, tentas ignorar as reacções que te provoco e a forma acutilante como por vezes te toco nas feridas e consigo remexer cada pedaço de memória que queres esquecer. Continuar a ler “Sei que me lês…”

Abandono…

Deixo de analisar, pensar no que sinto e tentar explicar, este desejo intenso que não posso ignorar, que sinto na pele teimosamente sem o teu tocar. Deixo o querer não te querer, sentimentos protelar, entrego-me ao ter, à vontade de te amar. Continuar a ler “Abandono…”

Curiosidade…

“As mulheres, assim como as cidades de guerra, têm, todas, um lado indefeso: trata-se apenas de procurá-lo.”
Marquês de Sade

E vocês, quais são as vossa fraquezas, que vos deixa indefesos???

Miss Kitty (em modo curiosa…)